Que editor HTML usar para criar sites

No artigo passado apresentamos os dois tipos de editores de HTML para criar um site: os de modo visual e os de modo code, bem como as vantagens e desvantagens de cada um desses tipos.

Agora, vamos indicar dois programas para você baixar para usar em nossa apostila de HTML.



Use editor de HTML no modo código

Como o curso HTML Progressivo visa ensinar a linguagem de marcação HTML, é essencial que você use editores no modo código.

A explicação dessa dica é bem simples: você só aprende se escrever os códigos.
Precisamos entender os códigos HTML para criação de websites bem como treinar bastante seu uso para que nos tornemos Webmasters competentes.

Embora editores visuais sejam bem mais rápidos e eficientes na criação de sites, pois os códigos vão aparecendo automaticamente à medida em que vamos clicando, selecionando e arrastando elementos, indicamos esse tipo de editor HTML somente depois que você entender e dominar totalmente os códigos dessa linguagem.

Como o HTML é um curso completo, gratuito e online, vamos aprender e escrever na mão mesmo, cada linha e cada letra do código de nossos sites. Isso mesmo, você vai montar uma página inteira de Web, e entender como todos os sites são feitos, escrevendo na mão os códigos em HTML.

Indicação de editores HTML: Bluefish e KompoZer

Como nossa apostila online de HTML é um projeto livre e totalmente gratuito, vamos indicar programas de código livre e que também são totalmente gratuitos.
Mas nada impede que você possa possa comprar editores pagos, como o famoso Dreamweaver.

Mas se quiser usar os programas que vamos indicar e usar para a criação desse tutorial de HTML, sugerimos que você baixe o editor KompoZer ou o Bluefish.
É possível baixar eles em qualquer sites de downloads, ou nos sites oficiais:


Resolvemos usar esses dois pois eles são leves, gratuitos e outro detalhe: são multi-plataforma.
Ou seja, existem versões do Bluefish e do KompoZer para Windows, Linux, Solaris ou MacOS.
Com esses dois editores de HTML você poderá aprender e colocar em prática todos os tutoriais de nossa apostila, bem como usar meios visuais e de código para criar seus sites.
Mas como dissemos no tópico passado: use somente códigos, escreva seu código-fonte na mão, linha por linha e trecho por trecho.

Tutorial de HTML
Editor de HTML KompoZer

Apostila de HTML
Editor de HTML Bluefish

Outros editores de HTML - Onde baixar

Os dois editores sugeridos são apenas duas opções. Mas duas opções gratuitas, atualizadas, com inúmeras funcionalidades e excelentes programas.

Porém, são apenas sugestões.
Você pode usar, por exemplo, o bloco de notas do Windows, gedit do Linux ou QUALQUER EDITOR DE TEXTOS.
Isso mesmo, no curso HTML Progressivo você aprenderá tudo sobre HTML, então até Microsoft Word pode servir para criar sites.

Outra boa opção, e bem leve, para se criar websites é o Notepad++, que é um Bloco de Notas bem evoluído, muitíssimo leve, simples, que nos fornece a possibilidade de programar em diversas linguagens, e também é gratuito:

Você pode também entrar em sites como o Baixaki, Superdownloads e Ziggi para ver outras opções de editores HTML:

A partir do próximo tutorial vamos aprender, de fato, a criar sites.
Bons estudos.

Um comentário:

Mateus Souza disse...

Eu recomendaria o Brackets como editor de código. Ele foi feito a partir de tecnologias web (HTML, CSS e JavaScript em um container Node.JS, ao que eu saiba) e foi feito principalmente para desenvolvedores web. Brackets também é open-source, e é financiado pela Adobe (embora seus desenvolvedores sejam uma comunidade, e não profissionais da Adobe). O Brackets também tem sintaxe de texto colorida e suporta temas e plugins. Outro recurso, que, na minha opinião, é extremamente útil, é o fato que se uma pasta for aberta, ao invés de um arquivo, e o Google Chrome estiver instalado, ao teclar Ctrl+Alt+P, uma janela/aba do Chrome será aberta, e todos os códigos que forem digitados no Brackets aparecerão ao vivo no Chrome, o que ajuda muito em termos de velocidade de desenvolvimento, além de ajudar a ver se o código está dando certo.