Como criar um site: Conheça os passos essenciais

A internet pode ajudar você de diversas maneiras. Graças a ela você pode ter um blog pessoal, um canal de vídeos, uma loja virtual e um site para divulgar o seu negócio.  

É comum acreditar que o processo de criação de um site é demorado. Quem é leigo no tema imagina que aquela quantidade de textos, vídeos e informações leva tempo para ser organizada.

Felizmente a criação de um site não é mais uma missão apenas para quem domina técnicas de programação. Existem no mercado ferramentas que tornam esse trabalho acessível para qualquer pessoa.

Os passos para criar um site


Antes de ter um site para chamar de seu, é relevante estar a par de alguns conceitos básicos, como, por exemplo, domínio e hospedagem.

Lembre-se que criar um site não é apenas organizar textos, imagens e vídeos em uma página. O seu site deve ter um endereço e ficar armazenado em algum lugar.

E é aí que entram em cena o registro do domínio e a escolha da hospedagem de sites.

Os tipos de site


Um dos primeiros passos para a criação de um site é saber qual é o propósito dele e a qual público ele será destinado. É por isso que existem diferentes tipos de sites. São eles:

Institucionais


Eles são os mais indicados para a divulgação de uma empresa ou uma marca. Geralmente possuem poucas páginas e contam apenas com as informações básicas do seu negócio.

Portal

Apresentam um grande número de conteúdo em mídias variadas. Eles são frequentemente utilizados por grandes veículos de comunicação e devem contar com um avançado plano de hospedagem.

Loja virtual


Também chamado de e-commerce, possui o seu sistema projetado para possibilitar, de maneira rápida e segura, a venda de diferentes produtos.


Os tipos de hospedagem de sites


A hospedagem corresponde ao serviço que armazena os dados que constituem um site. Empresa como a Hostinger e a Weblink disponibilizam hospedagem de sites barata e confiável. .

Lembre-se que o tipo de hospedagem a ser escolhida vai depender do tipo do seu site, bem como dos seus objetivos com ele. Sites institucionais, por exemplo, são compatíveis com planos de hospedagem mais simples e com recursos básicos.

No entanto, sites como lojas virtuais e portais, que normalmente contam com elevado tráfego, demonstram bom desempenho com planos dotados de mais recursos técnicos.

Os tipos de hospedagem são:

Hospedagem compartilhada


Esse é o tipo de hospedagem mais comum e também o mais utilizado. Ao adquirir esse serviço, você compartilha o mesmo servidor com vários outros sites.

Ela é a mais utilizada porque geralmente é a que apresenta um preço mais acessível, bem como é adequada para vários tipos de sites e projetos.

VPS


É a sigla para Virtual Private Server, que em português significa  “Servidor Virtual Privado”.

Esse tipo de hospedagem de sites apresenta mais recursos que uma compartilhada, por isso ela é a mais indicada para sites de médio porte.

Servidor Dedicado


Como o próprio nome demonstra, esse é um servidor dedicado exclusivamente para o seu site. Algo bem diferente do que ocorre com a hospedagem compartilhada.

O Servidor Dedicado é o recomendado para sites grandes, tais como portais e lojas virtuais.


O seu endereço na internet


Se a hospedagem trata do lugar onde o seu site vai ser armazenado, o domínio é o endereço dele. O domínio é o nome do seu site e é por meio dele que as pessoas acessam o seu site nos navegadores.

As empresas de web hosting também disponibilizam em seus serviços registros de domínio. No caso da Weblink, dependendo do plano que você escolher, é possível ter um domínio gratuito.

Antes de criar um domínio para o seu site, é necessário saber se ele está disponível. Nesse caso, uma das maneiras para descobrir tal disponibilidade é utilizar ferramentas de pesquisa que algumas empresas de hospedagem de sites oferecem.

As dicas para escolher um domínio adequado para o seu site são:

Palavras-chaves


Escolher um domínio que contenha algum termo ou palavra referente ao seu negócio é uma alternativa interessante. Além disso, a sua marca ou o seu produto pode ser o nome do seu site.

Escrita de fácil memorização

Aqui vale a máxima do “menos é mais”. Muito é dito que um domínio deve ser criativo e diferente. Porém, o mais importante é ele ser facilmente lembrado.

Por isso, entre um nome criativo, diferenciado, e um nome simples, mas marcante, opte pela segunda opção.

Números


É bom evitá-los, pois eles podem causar confusão quando você diz o nome do seu site, deixando o usuário indeciso se é para ser escrito por extenso ou não.

Um bom domínio deve ser assimilado de maneira imediata.

Conclusão sobre criar um site


Os passos essenciais para a criação de um site passam pela escolha dos seus objetivos, bem como da hospedagem de sites mais adequada, do domínio e da plataforma ideal.

Portanto, se você não sabe por onde começar siga essas dicas, dessa maneira, o seu projeto na web tem todas as condições de prosperar.

Nenhum comentário:

Tutoriais de HTML e CSS