Diminuindo o índice de rejeição - Fazendo o usuário passar mais tempo em seu site

Neste seção de SEO de nosso curso de HTML, já ensinamos as melhores dicas e técnicas para bons criar títulos para suas páginas e explicamos o que é e como criar uma URL amigável para seu site. Foram duas importantes aulas que são obrigatórias e essenciais para que você atinja seu sucesso profissional como Webmaster.

Foram aulas importantes, que vão contar pontos importantes para o Google. Mas para ter um site de sucesso não devemos focar somente no Google, mas principalmente no usuário.

E é sobre isso que iremos falar neste artigo: como fazer o usuário permanecer mais tempo em seu site, fazendo com o que Google passe a confiar, e consequentemente indicar mais, em seu site.

O que é o Índice de Rejeição

Se lembra da última vez que você entrou em um site, passou 2s ou 3s e depois rapidamente fechou ele?
Consegue se lembrar por quê fechou?

Aliás, nem precisa puxar muito pela memória. O motivo de permanecer alguns segundos em algum site e sair correndo é simples: não encontrou aquilo que queria, ou algo te assustou.

E por qual razão você passaria alguns minutos em um site, adicionaria nos favoritos, indicaria e compartilharia ?
O motivo é óbvio: você encontrou exatamente aquilo que queria.

Talvez esse curto bate-papo, entre eu e você, tenha sido óbvio e aparentemente sem sentido. Mas é nele que reside o um grande segredo do Google para rankear os sites. Ela está intimamente relacionada com a tão importante "experiência do usuário" e se chama índice de rejeição.

Quando alguém entra em seu site, vindo das SERPS (resultados de busca) do Google, abre somente uma página e sai, seu site foi rejeitado. Ele é ainda mais rejeitado se seu visitante saiu rapidamente. Se ele tiver passado muito tempo, ele não foi tããão rejeitado assim, mas foi. É uma luz vermelha que se acende.

Porém, se o leitor, a partir dessa página que ele entrou, for pra outra página dentro de seu site, é porquê ele gostou de algo. Talvez seu site seja bom, talvez seja interessante pro leitor, provavelmente é muito útil naquela busca que o leitor fez. Isso é uma luz verde pro Google, é como se site tivesse ganhado uns pontinhos de confiança do Google.

O Google não é um humano que vai ler os textos de seu site e analisar sua relevância, ele nada mais é que um genial aglomerado de códigos. Como ele não pode analisar o conteúdo, ele analisa o comportamento dos leitores, pois estes sim podem decidir o que é e o que não é útil.

E é isso que iremos ensinar nesse artigo.
Vamos fazer com que o usuário fique mais tempo em seu site, vamos ensinar como fazer um bom marketing, uma boa propaganda para seu leitor, para que ele continue por muito tempo em suas páginas. E eles gostando de seu site, pode ter certeza que o Google também irá gostar e irá subir seu posicionamento, fazendo com que seus projetos sejam um completo sucesso.

Links internos - Mostrando mais do seu site

Como dissemos, seu site é considerado rejeitado quando só uma página é visitada.
Para evitar a rejeição, é óbvio que é necessário que o usuário visite outra página.
E como se visita outra página ? Link.
E como se visita outra página do mesmo site ? Link interno.

Fica óbvio, então, que para reduzir a rejeição em seu site, é obrigatório o uso de um excelente trabalho de links internos.

A maneira mais óbvia e normal de fazer linkagem interna é exibir menu, categorias, melhores posts e coisas do tipo.
Ou seja, você precisa mostrar mais conteúdo de seu site pro visitante. Se seu visitante entrou procurando "Como colocar uma imagem em um site HTML", achou esse artigo em seu site e ver uma categoria chamada "Fotos e gifs em HTML", provavelmente ele vai clicar mais, pois está interessado no assunto.

Outra maneira, não tão simples e óbvia, que nem todos usam, mas que se você usar vai trazer incríveis benefícios, é através de textos âncoras, relacionando um post ao outro.

Fizemos isso no primeiro parágrafo deste artigo.
Ora, este artigo é de SEO, então eu citei dois links (sobre título e url's amigáveis) sobre SEO também. Se alguém entrar aqui procurando esta dica de como evitar a rejeição de um site, provavelmente vai se interessar pelas outras dicas de SEO e clicar nesses links.

Por isso, não tenha dúvidas: estruture bem seu site.
Mostre menus, separe suas páginas por categorias, exiba essas categorias e recheie seu texto com links para outros artigos seus. Com certeza toda página sua deve ter algo a ver com outra página, então link as duas, faça as visitas fluírem de uma página para outra.




Retire os "Arquivos" e coloque seu "Top posts"

Essa não é uma lição oficial de SEO, mas sim um fato que constatei, é uma dica pessoal de algo que fiz e me rendeu incríveis resultados, e que muitos blogueiros e webmasters (inclusive profissionais) simplesmente não percebem.

É bem comum vermos sites com "Arquivos do Blog", por exemplo.
Lá, há uma lista gigante com os anos, meses e artigos que foram lançados. Pois bem, aqui vai a real: ninguém está interessado no que você andou postando em Maio de 2009.

Tenha em mente que usuários não fazem caridades. Eles não estão no seu site para te ajudar, pegar na sua mão e, juntos, rumarem para o sucesso.

Usuários querem encontrar as informações que desejam, da maneira mais rápida e fácil possível. Se você não despertar nele a curiosidade, ele não vai visitar seu arquivos de artigos. Então tire esse treco.

No lugar dele, coloque um TOP 3, TOP 5 ou até TOP 10 dos artigos mais visitados de seu site. Sim, se um visitante entrou em seu site, que é sobre CSS, é porque ele está interessado no tal CSS.
Ora, se ele entrou procurando CSS, a chance dele visitar os artigos mais lidos de seu site, também sobre CSS, é simplesmente gigante.

Geralmente esses Top artigos são os melhores que você já fez, ou pelo menos são os mais buscados pelos usuários. Então muito provavelmente ele vai despertar interesse em todos os seus leitores.

"Leiam também", "Leia mais", "Leia o artigo"

Se você for na Home do HTML Progressivo vai ver um pequeno resumo das publicações, onde explicamos, brevemente, o que cada artigo vai tratar, e sempre que possível deixamos uma brecha de curiosidade nos leitores.

Logo em baixo, vem o segredo, o "Leia mais" ou "Ler tutorial".
Isso não é por menos: a homepage de seu site, quase sempre, é a página mais bem rankeada e acessada pelo Google.
Se você colocar todo o seu artigo logo de cara na Home, o leitor pode ler e depois ir embora, deixando uma rejeição para seu projeto.

Porém, se ele ficar interessado em algum artigo (se você o deixar curioso), ele vai entrar em outra página sua, e adeus rejeição.

Aumente o tempo de permanência em seu site

Ok, demos as dicas de como reduzir o índice de rejeição, fazendo os leitores de seu site visitarem outras páginas.

Porém, a rejeição não é só isso, ela vai depender do tempo que o leitor passar em seu site. Ou seja, quanto mais tempo, melhor. Significa que ele está lendo seu conteúdo, e o Google ama isso.

As próximas dicas visam prender, por mais tempo, os leitores em seu trabalho.

Artigos com textos longos e bem divididos

É um fato: Google gosta de textos únicos e originais.
Outro fato: Quanto mais texto, melhor. Maior a chance de você rankear palavras-chaves, mais chances de escrever as palavras/frases que os visitantes procuram.
E óbvio, você estará disponibilizando mais informações.

Então, antes de publicar um artigo, leia, faça pesquisa, compre livros e fale com gente que entende do assunto.
Assim, você saberá mais e terá mais informações para divulgar.

Divida bem seus textos, use espaçamento entre os parágrafos (use a tag <p> para criar parágrafos). Divida seu artigo em vários sub-tópicos, coloque estes títulos com letras grandes, pois nem todos irão ler o artigo inteiro.

Na verdade, a maioria só passa o olho sobre seu texto até encontrar o que buscam. Se você dividir bem seus sub-assuntos, ele irá encontrar de maneira mais fácil o que deseja e vai ler. E se não encontrar logo (acredite, leitor é preguiçoso, quer tudo na mão e na hora), ele vai sair rapidamente.

E quando ele sai, geralmente volta para o Google e entra em outro site que encontrou nos resultados das SERPS.
Adivinha o que o Google vai pensar quando notar que ele saiu de seu site e foi para outro?
Isso mesmo, ponto pro concorrente.

Os artigos do HTML Progressivo são sempre bem divididos.
Se certifique disso: role todo o conteúdo desta página e leia somente os títulos das seções. É possível saber tudo o que vai ser discutido apenas lendo os tópicos.

Uma boa sugestão para isso é sempre usar as heading tags <h>, que ajudam, inclusive, no SEO.
(Viram? Fiz linkagem interna, muito de vocês irão clicar e ver o artigo sobre as tags de cabeçalho <h>).

Use imagens, animações e vídeos

Quando dissemos que leitor é preguiçoso, não estamos brincando. Eles são, em sua maioria, folgados mesmo.
Querem entrar, achar logo o que desejam e sair fora.

Outro fato triste, que é facilmente notado, é que as gerações estão ficando cada vez mais preguiçosas para ler.
Estamos vivendo a era dos memes, imagens e vídeos.

A próxima geração de pessoas esta lendo menos, mas bem menos que nós e que nossos pais. Para a maioria das pessoas, uma página com texto enorme, sem divisões, espaçamento, imagens e vídeos é sinônimo de "corra, fuja daqui".

Uma boa maneira de prender o leitor, mesmo que seja por uns segundos a mais, é colocar imagens em seus textos.
As pessoas sempre, mas SEMPRE olham as imagens de uma página.
Mesmo que ela não tenha o mínimo interesse no conteúdo textual, ela vai dar uma olhadinha na imagem.

Por isso é importante usar imagens relacionadas ao tema de seus artigos.

Um detalhe importante: nunca, em hipótese alguma, pega imagens de sites quaisquer ou dos resultados das buscas do Google, pois você não sabe se ela possui direitos autorais.

Sim, muitas imagens possuem direitos autorais e é necessário a permissão dos donos das fotos para que você possa usar (citar fonte não adianta de nada). Se usar sem autorização, você poderá ser processado, perder sua conta do Adsense e até mesmo ter seu site desativado pelo seu serviço de hospedagem (o Google, por exemplo, apaga os posts do blogger que, comprovadamente, roubaram textos ou imagens protegidas por direitos autorais).

Uma boa dica é usar as imagens do site:
http://commons.wikimedia.org/

Que são liberadas para uso (as vezes é necessário citar a fonte, mas não precisa pagar nada).

Nós, do HTML Progressivo, levamos isso muito a sério, pois existem profissionais que vivem de tirar e vender fotos. Assim como você não gostaria que outra pessoa venha a pegar seus textos e propriedade para uso próprio, não use imagens dos outros.

Converse com seus leitores

Uma dica para prender a atenção de seus leitores, é explicar, fazer seu artigo de uma maneira bem pessoal, como se fosse uma conversa, um bate-papo com seus leitores.

Eu, por exemplo, acabei de fazer isso com você: "de seus leitores", "seus", estou falando com você. Nota?

Faça perguntas, instigue, peça opinião. Cite uma preferência sua ou modo de pensar e faça com que seus leitores comentem, dando o ponto de vista deles.

Isso tem muitos benefícios: faz com que você prenda o leitor por mais tempo seu site, fideliza seus leitores (torna eles seus amigos, seguidores ou fãs), além de (isso poucos percebem) fazer com que eles criem conteúdo para você.

Sim, comentários são conteúdo. Alguns leitores adoram deixar longas opiniões. Ora, longa opinião é um longo texto.
E opinião dele é um conteúdo único e original, isso vai ajudar sua página, pois ela terá mais informações.

Com certeza você já fez uma busca no Google, achou um site e percebeu que aquilo que estava buscando estava, na verdade, nos comentários da página. Então não seja bobo, use isso ao seu favor.

Use sua criatividade

Como puderam notar, agradar o Google é simples.
Embora ele seja um aglomerado gigante de código, para agradá-lo basta agradar aos seus leitores. E é isso que o Google vai analisar: o comportamento de seus leitores.

Por isso, aquela velha história: crie conteúdo para pessoas, procure dá informação útil, mas não ache que isso é suficiente. Você precisa ser inteligente, não basta só mostrar a informação, é preciso mostrar de maneira inteligente, usando imagens, vídeos, se organizando, instigando sua curiosidade para clicar em seus links e fazendo-o deixar um comentário.

SEO é isso, é criatividade, é relação Webmaster-leitor.
Não são regras e técnicas de programação avançada muito menos constantes universais. Cada caso é um caso, cada site é um site, e só você, caro aluno do HTML Progressivo, é que vai saber como agradar seu leitor.

Um comentário:

leonardo calixta disse...

O interessante de um bom site com conteúdo, é mostrar para o leitor que ele poder fazer tudo, mas tudo mesmo!... Obrigado pela oportunidade de mostrar o que estava oculto, pois sempre procuro e pesquiso sites com conteúdo, no qual eu possa aprender. Sei que tenho que aprender ainda mais, e o seu conteúdo me deu uma visão para o meu foco, meu objetivo daqui pra frente.